Comissão organizadora

Ana Guerreiro
Carla Cerqueira
Cátia Pontedeira
Conceição Nogueira
Eduarda Ferreira
Frederica Armada
Geanine Escobar
Liliana Fonseca Rodrigues
Maria José Magalhães
Raquel Monteiro
Sara Isabel Magalhães
Vilma Martelo

Ana Guerreiro

É Bolseira de Doutoramento em Criminologia na FDUP – Faculdade de Direito da Universidade do Porto e Docente convidada no ISMAI – Instituto Universitário da Maia (desde 2015). Tem trabalhado, sobretudo, a violência de género, os estudos de género e as políticas de prevenção. A sua experiência profissional passada foca-se em funções de Gestora de Projetos de Investigação na FDUP – Faculdade de Direito da Universidade do Porto e de Criminóloga na UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, onde trabalhou em diversos projetos nacionais e internacionais. Tem várias publicações nacionais e internacionais em revistas científicas, livros e capítulos de livros.

Carla Cerqueira

É doutorada em Ciências da Comunicação – especialidade de Psicologia da Comunicação pela Universidade do Minho. Atualmente é bolseira de pós-doutoramento em Ciências da Comunicação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia e investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS-UMinho), onde tem estado envolvida em projetos e iniciativas na área dos estudos de género, diversidade e média e integra a equipa coordenadora do Seminário Permanente de Comunicação e Diversidade. É também nestas áreas que tem publicado em livros e revistas nacionais e internacionais, orientado teses, organizado os mais diversos eventos científicos e participado como formadora e consultora. É também Professora Auxiliar na Universidade Lusófona do Porto. Além disso, participa em várias organizações científicas e não-governamentais na área dos direitos humanos, igualdade de género e feminismos. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6767-3793

Cátia Pontedeira

Doutoranda em Criminologia pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto é formada em Criminologia pelo ISMAI – Instituto Universitário da Maia e mestre em Ciências Forenses pela London South Bank University. Trabalha desde 2014 na UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta na área da prevenção da violência de género. Atualmente é técnica no Projeto Bystanders, um projeto Internacional financiado Programa REC (Rights, Equality and Citizenship) da União Europeia, focado na prevenção do assédio sexual em contexto escolar. Na UMAR é também membro da equipa de investigação nacional na área da violência no namoro entre jovens. É investigadora no JusGov- Centro de Investigação para a Justiça e Governação e da Unidade de Investigação em Criminologia e Ciências do Comportamento do ISMAI. Atualmente é docente no 1º e 2º ciclo dos cursos de Criminologia no ISMAI e as principais áreas de interesse são: homicídios; femicídios; violência no namoro; assédio; violência de género. Página DeGóis: http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=7133074684777288

Conceição Nogueira
Eduarda Ferreira

Psicóloga, desenvolveu um projeto sobre visibilidade lésbica no espaço público no âmbito do Doutoramento em Geografia Humana, na FCSH, UNL. É investigadora no CICS.NOVA Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da FCSH/NOVA, na equipa de investigação Género e Sexualidade. Ativista LGBT, em que se destaca: membro da Direção da Associação Clube Safo – Associação de defesa dos direitos das lésbicas (2002 – 2008); organização e dinamização do LES – Grupo de discussão sobre questões lésbicas (desde 2008); elemento da equipa editorial da LES Online – Publicação digital sobre questões lésbicas; membro fundador da Rede de Estudos de Geografia, Género e Sexualidade Ibero Latino-Americana (REGGSILA); membro da comissão organizadora da Universidade Feminista. Página pessoal www.eferreira.net.

Frederica D’Armada
Geanine Escobar
Liliana Rodrigues

Liliana Rodrigues é Investigadora Integrada do Centro de Psicologia da Universidade do Porto (CPUP). É Doutorada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e Mestre em Psicologia da Justiça pela Universidade do Minho. No âmbito do seu doutoramento, Liliana Rodrigues, foi também bolseira pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), cuja tese se intitula: “Viagens Trans(Género) em Portugal e no Brasil: Uma Aproximação Psicológica Feminista Crítica”. Foi Professora Adjunta do ISAVE – Instituto Superior de Saúde e colaborou como investigadora em vários projetos de Psicologia Social e Ambiente desenvolvidos pela EsPA (Estudos em Psicologia Social e Ambiente) e pelo CIS (Centro de Investigação e Intervenção Social, ISCTE-IUL). Trabalhou também no “Estudo sobre a discriminação em função da orientação sexual e da identidade de género” financiado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e no projeto “Cidadania Sexual das Mulheres Lésbicas em Portugal. Experiências de Discriminação e Possibilidades de Mudança” financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género.

Maria José Magalhães 

Professora Auxiliar na FPCEUP, investigadora do CIEG e no CIIE, doutorada em ciências da educação. Recebeu o prémio de investigação Carolina Michaelis de Vasconcelos sobre Estudos das Mulheres (1990), e tem várias publicações científicas (livros e artigos em revistas nacionais e internacionais). As principais áreas de investigação centram-se nos estudos de género, feminismo, movimentos sociais e violência de género (incluindo femicídio). Liderou o projeto internacional “Bystanders: developing bystanders responses to sexual harassment among young people” (prevenção do assedio sexual – https://www.fpce.up.pt/love_fear_power/bystanders/bystanders.html ). Investigadora Principal do Projeto Interncional CEINAV (2013-2016), membro European Observatory on Femicide (2018-) e fundadora e coordenadora científica do Observatório Das Mulheres Assassinadas da UMAR, OMA-UMAR (2004-2010). Atualmente, coordena o Projeto BO(U)NDS – Laços e Limites: estudo longitudinal sobre a prevenção da violência de género nas escolas (financiado pela FCT) e coordena o Projeto ART’THEMIS+ UMAR, com financiamento da Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade de Género. Tem também desenvolvido, em conjunto com outras investigadoras, investigação no campo da crítica feminista da arte, incluindo projetos e artigos publicados.

Raquel Monteiro

Raquel Rodrigues é licenciada e mestre em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP) e é doutorada em Ciências da Educação – Especialização em Pedagogia Social pela Faculdade de Educação e de Psicologia da Universidade Católica do Porto. É Membro Integrado do Centro de Investigação e Intervenção Educativas (CIIE-UP) desde 2019, membro do Observatório da Intervenção Socioeducativa para os Direitos Humanos (ESEPF) desde 2016 e Investigadora PhD contractada na FPCEUP desde 2019 no Projeto BO(U)NDS: Laços, Limites e Violência. É detentora de experiência como investigadora júnior e sénior em diferentes projetos nacionais e internacionais e como formadora de professores nas áreas da acessibilidade, da cidadania universal e das práticas socioeducativas inclusivas. Os seus interesses de investigação atualmente têm por foco as desigualdades sociais e educacionais; os direitos humanos; a violência de género e a sua prevenção (em contexto educativo); a educação e intervenção sociocomunitárias; e a pedagogia social. Tem desenvolvido trabalho (desde 2018), como revisora em revistas internacionais.

Sara Isabel Magalhães

Licenciada e doutorada em Psicologia da Educação pela Universidade do Minho. Atualmente é investigadora do Centro de Psicologia da FPCE da Universidade Porto, olhando as múltiplas dimensões do envelhecimento e sexualidades através das lentes dos estudos feministas, da psicologia social crítica, dos media, e da teoria da interseccionalidade. Ativista feminista colabora com várias ONGs nacionais pela igualdade de género e os direitos humanos. OrcID: https://orcid.org/0000-0002-2924-3714

Vilma Martelo